Notícias

PBdoc: Governo agiliza processos e economiza mais de 33 toneladas de papel em dois anos

publicado: 06/05/2022 14h36, última modificação: 06/06/2022 14h43
Nestes dois anos de funcionamento, o PBdoc já foi implantado em 60 órgãos da administração direta e indireta, possui mais de 10 mil usuários e já foram produzidos mais de 1.825.000 documentos (processos, expedientes, anexos)
PBdoc: Governo agiliza processos e economiza mais de 33 toneladas de papel em dois anos

O PBdoc, sistema de produção, gestão, tramitação, armazenamento, preservação, segurança e acesso a documentos e informações em ambiente digital, completou, neste 1º de junho, dois anos de funcionamento no Governo do Estado da Paraíba com importantes conquistas, como a tramitação de documentos e processos de forma ágil e a economia financeira no âmbito do gestão estadual.

Nestes dois anos de funcionamento, o PBdoc já foi implantado em 60 órgãos da administração direta e indireta, possui mais de 10 mil usuários e já foram produzidos mais de 1.825.000 documentos (processos, expedientes, anexos), o que gerou a economia de mais de 33 toneladas de papel, além da redução de custos com impressão e espaço físico para guarda dos processos. 

PBdoc não se destaca apenas pela economia financeira, mas, também, pelo menor prazo de tramitação dos processos e até mesmo com a redução de combustível, que com o PBDoc não precisa mais que o motorista do órgão esteja se locomovendo o dia inteiro para protocolar um ofício ou pegar uma assinatura. 

Para o presidente da Codata, Giuseppe Guido, a conquista desses resultados positivos com o PBdoc é muito importante e demonstra o quanto o cronograma de implantação tem avançado. “A gente consegue perceber o grande salto que a plataforma trouxe de economia e agilidade para o Estado, tanto em papel, combustível e muitas outras coisas envolvidas na produção documental da gestão. Tudo está embutido no melhoramento do serviço, na transparência e rapidez”, ressalta o presidente.

Apesar de ser uma plataforma que inicialmente vem sendo utilizada apenas pelos servidores públicos estaduais, ele observa que o PBdoc também impacta positivamente na vida das pessoas, uma vez que suas demandas com a gestão pública são atendidas com mais celeridade e menos burocracia, já que todo o processo é feito de forma eletrônica. “Em um futuro muito próximo, a plataforma será a principal via de acesso do cidadão com o Governo do Estado, onde ele poderá registrar as suas necessidades e no próprio sistema acompanhar toda a tramitação até o retorno final acerca da sua demanda. Conforme determina o decreto do governador João Azevêdo, até o final de 2022 todos os órgãos da administração direta e indireta estarão utilizando o PBdoc”, adiantou.

PBDoc - O PBDoc foi instituído pelo governador João Azevêdo, por meio do Decreto nº 40.546/2020, e tem como principal objetivo produzir documentos e processos eletrônicos com segurança, transparência, economicidade, sustentabilidade ambiental e de forma padronizada; imprimir maior eficácia e celeridade aos processos administrativos; assegurar à proteção da autoria, da autenticidade, da integridade, da disponibilidade e da legibilidade de documentos digitais, observadas as disposições da Lei Federal nº 12.527, de 18 de novembro de 2011; e assegurar a gestão, a preservação e a segurança de documentos e processos eletrônicos no tempo.

 

Lourival Júnior | Assessoria de Marketing e Comunicação da Codata | Secom-PB