Você está aqui: Página Inicial > Adm. Indireta > CODATA - Companhia de Processamento de Dados da Paraíba > Notícias > Sites do TJ-SP, MP-SP e governo do estado saem do ar após ataque mundial

Notícias

Sites do TJ-SP, MP-SP e governo do estado saem do ar após ataque mundial

Um ataque cibernético mundial atingiu computadores do Tribunal de Justiça de São Paulo nesta sexta-feira (12/5) e deixou fora do ar os sites da corte, do Ministério Público, do governo estadual e do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região.

 

 

 

 

 

 

 

 

Um ataque cibernético mundial atingiu computadores do Tribunal de Justiça de São Paulo nesta sexta-feira (12/5) e deixou fora do ar os sites da corte, do Ministério Público, do governo estadual e do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região.

  

   Imagem publicada em grupo de funcionários do TJ-SP no Facebook.

 







O TJ-SP afirmou, a princípio, que havia suspendido o site por precaução, pois não haveria registro de qualquer computador atacado, mas depois confirmou ter detectado “máquinas infectadas”. Servidores de fóruns na capital e no interior receberam avisos em computadores e publicaram imagens em redes sociais.

Globo News diz que passa de 70 o número de países atingidos. O ataque, conforme a emissora, embaralha informações digitais e cobra bitcoins (moeda digital) para que o usuário volte a acessar dados normalmente.

 

 

  Aviso, em fórum de São José dos Campos, dá três dias para pagamento em bitcoins.

 

Uma das mensagens recebidas no Judiciário paulista fixa três dias para o pagamento. “Depois disso o preço será dobrado. Além disso, se você não pagar em 7 dias, você não será capaz de recuperar seus arquivos para sempre”, diz o texto, em português. “Ninguém pode recuperar seus arquivos sem o nosso serviço de descriptografia.”

A corte paulista suspendeu prazos processuais, mas garante que o expediente é normal, inclusive para advogados que precisarem de informações.

O tribunal e o MP-SP determinaram que todos os fóruns, prédios do Judiciário paulista e promotorias mantenham computadores desligados nesta sexta. Já o TRT-2 afirma que apenas suspendeu o site temporariamente, de forma preventiva, mas as atividades continuam normalmente. Pelo menos dez tribunais do país seguiram essa estratégia.


Risco
No caso do Judiciário paulista, existe maior risco aos computadores de usuários contaminados por vírus, e não ao banco de dados geral, de acordo com Rafael Stabile, gerente de Operações da Softplan (empresa responsável pelo portal e-Saj). 

 

 Comunicado enviado pelo TJ-SP a servidores.


 










Segundo ele, o sistema de segurança no tribunal tem várias barreiras para impedir acesso de terceiros aos dados processuais.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, ao menos 16 hospitais públicos do Reino Unido tiveram computadores bloqueados, e também há relatos de problemas em países como Rússia, Japão, Turquia, Filipinas e Alemanha.

 

Fonte:http://www.conjur.com.br/2017-mai-12/sites-tj-sp-mp-sp-governo-saem-ar-ataque-mundial?utm_source=dlvr.it&utm_medium=facebook

Voltar para o topo
Plataforma Padrão CODATA de Portais
Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone